sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

O Absurdo Banquete do Comedor de Amor


Diálogo 04: Pausa de Mil Compassos




- Às vezes é necessário parar de cantar pra poder observar a música de fora.

- Condição pra incomplementariedade.

- É. Só vejo racionalidade extrema em não abraçar o invisível com a música.

- É como se às vezes fosse necessário parar de viver pra poder observar a vida de fora.

- Suicídio?

- Não que eu queira.

- Há!

- Afinal, viver intensamente é realmente necessário?

- Tu agüenta?

- Música é que nem Vida: Ou você canta, ou não canta.

- E o instrumentista?

- Se instrumentista, canta com o toque.

- Um toque-canto, como as andorinhas que gritam nos fios tensos por falta de uma clave de Sol.


.

Diálogo 04

.

2 comentários:

Bruna Lenzo disse...

Dá pra viver entre um e outro.
Por fora e por dentro.
Não é tão intenso, mas dá.
É necessário às vezes.
Né?
Tá sendo agora.
Bjo!

bl.

Anônimo disse...

Antidepressivos servem pra isso tb.